IPESSP é destaque em matéria na Exame.com

Publicado em em

IPESSP é destaque em matéria na Exame.com

A bióloga Nilva Oliveira, fundadora do IPESSP (Instituto de Pesquisa e Educação em Saúde de São Paulo) que já especializou mais de 5 mil profissionais na área da saúde, em 17 anos de existência, foi destaque no Portal Exame.com. O relato da empreendedora faz parte de uma série produzida pelo Jornal de Negócios do SEBRAE-SP.

“Eu atuei durante quase 20 anos em laboratórios de análises clínicas e tinha um grande sonho de aprender hematologia. Prestei um concurso na Fundação Pró-Sangue, comecei a trabalhar num laboratório de anemias lá dentro e percebi que chegavam muitos pacientes com diagnósticos tardios.

Foi quando eu quis me especializar mais para que erros como esse não se repetissem. Fui para São José do Rio Preto participar de um simpósio e no retorno eu sofri um acidente de carro. Foi uma tragédia: fiquei três dias presa no carro com a minha mãe e minha tia. Chegando em São Paulo, elas morreram e eu consegui sobreviver.

Comecei a me questionar por que tinha de me deslocar tantos quilômetros para me especializar, me atualizar. Foi quando percebi que faltavam esses tipos de cursos em São Paulo e foi daí que surgiu a ideia de criar o Ipessp (Instituto de Pesquisa e Educação em Saúde de São Paulo).

Eu tinha muitos contatos na área da saúde, liguei para todos eles e foi assim que eu formei a primeira turma de 80 pessoas no Centro Universitário da USP. Um tempo depois, os alunos começaram a pedir uma estrutura, queriam aulas práticas, não queriam mais ver as células nos slides”.

Hoje, no Ipessp, temos 54 cursos de atualização, capacitação e pós-graduação. Estamos em fase de credenciarmos o instituto em faculdade, em 2018 nos tornaremos a Fipessp. Estamos pensando em cursos a distância, porque constatamos que 41% dos nossos alunos são de outros Estados e cidades do Brasil. Então, pensamos em expandir o Ipessp para o Nordeste e interior de São Paulo.

Estamos numa localização privilegiada, no entorno de 22 hospitais, inclusive do lado do Hospital das Clínicas, próximo das estações de metrô Clínicas, Consolação e Paulista.

Digo que é preciso concentrar as energias em vender, porque senão a empresa quebra. Você precisa organizar a empresa para que ela sobreviva sem você, a empresa precisa ser maior que você, porque o que age é sua inteligência e não sua presença física.

Nunca pensei em desistir porque acredito muito no meu sonho, tenho muita persistência. Então, não desista! Se você persistir e acreditar no seu sonho, vai conseguir fazer sucesso.”

Leia mais no Link: 

Após acidente de carro, ela decidiu ter seu instituto de pesquisa

 

 

Compartilhe