Idealizadora do IPESSP lança livro, nesta sexta-feira, 15/12

Publicado em em
Categoria

Idealizadora do IPESSP lança livro, nesta sexta-feira, 15/12

A biologista e professora Nilva Oliveira, idealizadora do IPESSP (Instituto de Pesquisa e Educação em Saúde de São Paulo), participa, nesta sexta-feira 15/12, do lançamento do livro “Quais de Mim Você Procura?”, editado pela Editora Dimensão.
Em um dos capítulos intitulado “História de Superação e Sucesso na Educação em Saúde”, a profa. Nilva relata como uma tragédia pessoal – quando perdeu a mãe e a tia em um acidente de carro no retorno de um curso de atualização em Hematologia – culminou na fundação do IPESSP que já atualizou mais de cinco mil profissionais da área da saúde em 17 anos. A direção editorial é de Katia Teixeira.
A publicação traz o relato de 41 mulheres que lutam pela construção do conhecimento e por processos socioeducativos que transformam pessoas. O evento contará com a presença da vereadora Edir Salles, Claudia Guedes e uma palestra sobre Networking com o consultor Thomas Reaoch.

ENTREVISTA – NILVA OLIVEIRA

Como o IPESSP foi criado? Como tudo começou?
Por incrível que pareça, o IPESSP nasceu de uma tragédia pessoal. Quando fui em um congresso em São José do Rio Preto me atualizar em Hematologia, na volta, sofri um acidente de carro onde perdi minha mãe e minha tia.
Durante a minha recuperação, eu me perguntava: Porque precisei me deslocar mais de 400 km para me atualizar? Junto com uma equipe de profissionais da área da saúde formada por Biomédicos, Farmacêuticos, Biologistas, Médicos e Técnicos de laboratórios, colegas da Fundação Pró-Sangue – Hemocentro de SP no HC/FMUSP, tivemos a ideia de organizar alguns cursos em hotéis próximos ao Hospital das Clínicas. Chegamos a ter mais de 80 alunos em sala de aula. Começamos a ampliar o número de cursos, mas os alunos queriam aulas práticas. Optamos, então, por alugar um imóvel aqui nos Jardins para ter mais infraestrutura.
Com a ajuda de um Projeto encaminhado ao Sebrae no qual de 530 propostas, 21 foram selecionados e entre esses o IPESSP, iniciamos nossas atividades acadêmicas com o primeiro curso de Pós Lato Sensu em Hematologia Laboratorial em 2003.

Qual foi a maior dificuldade que o negócio já passou?
Foram duas. Uma foi a viabilidade financeira para montar uma escola de Pós-Graduação em saúde com laboratórios e salas de aulas confortáveis. Na época, obtenção de crédito com juros muito altos limitava a capacidade de investimento.
A segunda foi o desafio da gestão. Embora tenha tido experiências com vendas, eu era apenas uma biologista com vivência em laboratórios e gerir uma empresa é uma grande responsabilidade. Por isso, fui atrás de cursos na área.

Quais foram as soluções encontradas?
Inicialmente cursos com consultores do SEBRAE, recebi muita ajuda em especial do Antônio Carlos Matos, além de participar do programa 10 mil mulheres, e em programas de Gestão e empreendedorismo com um grupo de empresárias na própria Instituição. Hoje estou mais envolvida na área da Educação Superior, desenvolvendo inclusive, uma pesquisa no Mestrado sobre a formação e trajetória profissional dos egressos na Pós-Graduação Lato-Sensu.

O que espera da empresa daqui 10 anos?
Já avançamos muito nestes últimos 17 anos, mas ainda temos muito o que realizar e avançar. Como muitos profissionais vem com carência de conhecimento, advindo da graduação, estamos em processo de credenciamento junto ao MEC para tornar o IPESSP em faculdade a partir de 2018 e oferecer cursos de graduação.
Além disso, em 2017 iniciamos um plano de expansão para implantar polos do IPESSP nas principais capitais do país e grandes centros urbanos. recebemos muitos alunos de vários estados como Roraima, Rio grande do Sul, Bahia e até mesmo do exterior como Inglaterra, Bolivia, entre outros. O primeiro polo modelo foi lançado em agosto deste ano, em São José dos Campos. Mas estamos em negociação para levar o IPESSP para outras cidades em 2018.
Para atender o crescimento da demanda, vamos mudar de sede para um prédio bem maior e melhor estruturado.

Qual mensagem você deixa para outras mulheres que desejam ter um empreendimento bem-sucedido?
Investir sempre na gestão, seja ela de pessoal, financeira, estratégica em marketing e vendas. Aprender a delegar, a implantar e atualizar processos, preparar as equipes e principalmente tratar o cliente com muito humanismo e oferecer sempre o melhor.

Compartilhe